Conheça boas práticas para o descarte de óleo de cozinha

Tenda, Postado em 24 de julho de 2021 | 3 min de leitura
Crédito da imagem: Lorem ipsum dolor sit amet

Você já se perguntou a maneira correta de realizar o descarte de óleo de cozinha? Já que é normal usarmos esse ingrediente na preparação de alimentos, é preciso ficar atento para a forma certa de jogá-lo fora sem contaminar o meio ambiente.

Será que devemos jogar o óleo na pia ou ele pode ir direto para a lixeira com o lixo comum? O Dicas Tenda vai responder essas e outras questões, além de ensinar boas práticas para você se tornar uma pessoa mais sustentável. O planeta e a sua casa agradecem, não é mesmo? Confira! 

Descarte incorreto faz mal para a natureza

Uma prática usual é jogar o óleo diretamente na pia. Saiba que o óleo de cozinha usado não deve ser descartado na pia? O problema dessa ação é que o conteúdo despejado na rede de esgoto pode sujar a água de rios, mares e lagos. 

Dados da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) mostram que 1 litro de óleo pode contaminar até 25 mil litros de água. Esse é um número preocupante, não acha? 

Outra consequência negativa para o descarte de óleo na pia é a possibilidade de acúmulo no encanamento e, consequentemente, entupimento da rede de esgoto. Isso pode acarretar problemas de higiene para a sua cozinha, como o aparecimento de insetos, além de gastos com a limpeza da caixa de gordura.

Já o descarte de óleo no lixo comum também não é uma boa ideia. Isso porque, ao chegar aos lixões (destino muito frequente), ele entra em contato com o solo e pode poluir o lençol freático.

Leis para evitar a poluição ambiental

Felizmente, em alguns estados e municípios, existem leis para evitar a poluição ambiental, como é o caso da cidade e do estado de São Paulo. A Lei Estadual nº 12.047 estabeleceu o Programa Estadual de Tratamento e Reciclagem de Óleos e Gorduras de Origem Vegetal ou Animal e Uso Culinário. 

Já a capital de São Paulo estabeleceu o Decreto Municipal nº 50.284 introduziu no município paulista esse programa de conscientização sobre a reciclagem de óleos e gorduras. Além disso, existe a Lei nº 14.698, para a proibição do despejo desse produto no meio ambiente. 

Como descartar o óleo de cozinha corretamente

Agora que já percebeu os prejuízos de um despejo incorreto para a natureza, deve estar se perguntando como descartar óleo de cozinha de forma sustentável, não é? A resposta é simples: ele deve ser armazenado em um recipiente com tampa. Você pode optar por uma garrafa PET ou uma embalagem de vidro.

Outra questão que pode surgir é onde descartar óleo de cozinha usado. Quando não mais servir para cozinhar, o destino deve ser a coleta seletiva do seu município. Em alguns lugares, o ingrediente é reaproveitado na produção de sabão e de biodiesel. 

Além da prefeitura, certos municípios têm ONGs especializadas neste tipo de coleta e no descarte de óleo de cozinha. Por isso, é interessante se informar se isso ocorre na sua cidade. Já a quantidade armazenada desse produto pode variar de acordo com o local de recolhimento escolhido para a doação.

Passo a passo para o descarte correto 

Uma boa ideia é anotar o passo a passo para que o ingrediente seja descartado da maneira mais eficiente possível. Seguindo e compartilhando estas dicas com seus familiares e conhecidos, você contribuirá para uma educação ambiental na sua cidade. Vamos começar?

descarte de oleo de cozinha

  1. Após o uso do óleo de cozinha em algum preparo, deixe esfriar por 30 minutos;
  2. Separe uma garrafa PET ou um pote de vidro com tampa. Se preferir, use uma peneira e um funil para transferir o óleo para o recipiente. Esse processo vai retirar toda a sujeira;
  3. Feche a garrafa para evitar odores e insetos; 
  4. Leve o recipiente para um dos postos de coleta da sua cidade; 
  5. Limpe a panela ou o item usado no preparo com um papel toalha para retirar todo o excesso de gordura que ficou. O papel pode ser descartado no lixo normalmente.

 

Quando devo descartar o óleo de cozinha 

O reuso do óleo é algo comum na cozinha do brasileiro. Portanto, caso você faça isso, é importante saber que há um prazo de validade para essa reutilização. 

E como saber quando não devo mais utilizar o ingrediente para o preparo de alimentos? A seguir, listamos alguns sinais que indicam o descarte desse produto: 

  • Se, depois de quente, o óleo liberar uma fumaça escura e um cheiro forte;
  • Caso o alimento, após ser frito, apresentar uma cor escura ou ficar com a aparência murcha;
  • Ele tem uma vida útil que pode chegar até 14 horas. Depois disso, é recomendado o seu descarte.  

Acompanhe o Dicas Tenda e tenha uma vida mais sustentável!

Agora que aprendeu a forma correta de realizar o descarte de óleo de cozinha, acompanhe, no nosso blog, outras dicas como essa para tornar a sua vida mais sustentável. Você verá como vale a pena pensar em atitudes e práticas simples na sua casa que podem ajudar o meio ambiente. 

Compartilhe nas suas redes

Produtos relacionados

Óleo do Soja Vitaliv 900ml

R$ 7.65 confira

Óleo de Soja Soya Pet 900ml

R$ 7.65 confira

Óleo de Soja Coamo 900ml

R$ 7.65 confira

Óleo De Soja Liza 900ml

R$ 7.75 confira

Óleo de Soja Concórdia 900ml

R$ 7.95 confira

Óleo de Soja Cocamar 18l

R$ 168.2 confira

Óleo de Girassol Salada 900ml

R$ 10.19 confira

Óleo de Canola Salada 900ML

R$ 11.1 confira
Tenda Atacado - CNPJ 01.157.555/0011-86
Endeço: Rua Professor João Cavalheiro Salém. nº 365
CEP 07243-580 / Guarulhos - SP