Alergia em bebê: sintomas, como identificar e o que fazer

Tenda, Postado em 23 de novembro de 2020 | 3 min de leitura
Crédito da imagem: Lorem ipsum dolor sit amet

A alergia em bebê é um mal que, infelizmente, é mais comum do que parece. Por ter um sistema imunológico mais sensível, a criança está mais propensa a desenvolver a doença, e os cuidados com a saúde precisam ser redobrados.

Levando em consideração a preocupação que muitas mães e pais têm, mesmo os mais experientes, a equipe do Tenda separou algumas orientações sobre como perceber, quais as reações mais comuns e o que fazer em relação a isso. Veja como, com um pouco de atenção, a alergia em bebê pode ser evitada.

Perceba sinais e sintomas comuns de alergia em bebê

Nos primeiros meses de vida, é normal que tenhamos um cuidado extra para manter o bebê em segurança, mas nem sempre isso é possível. As brincadeiras e a agitação natural fazem com que a criança tenha contato com diversos elementos, sendo alguns responsáveis por fortalecer o organismo, e outros atuando em contrapartida.

Sobre os elementos que causam malefícios ao corpo da criança, os principais sintomas costumam ficar ao alcance dos olhos. A dermatite em bebê é uma das doenças que são fáceis de perceber, pois seus sintomas aparecem na pele. A vermelhidão e o ressecamento são dois sinais nítidos e que exigem atenção.

Outra doença relacionada e que também é aparente no bebê é a alergia à fralda. Se você perceber que a epiderme da criança está vermelha, com sinais de irritação e ele se sente desconfortável, é provável que tenha relação direta com a doença.

Como se pode perceber, em geral, os bebês “denunciam” que algo está errado com relativa facilidade para mamães e papais perceberem. Apenas fique atento para saber identificar o que está errado.

Saiba quais são os tipos de alergia mais comuns em bebê

A alergia em bebê tem diversas especificações e formas de manifestação. Como comentamos acima, o mais importante no primeiro momento é conseguir identificar algum sinal de que a criança esteja incomodada para, a partir daí, tratar e remediar o problema com facilidade.

A brotoeja, também conhecida como alergia do calor em bebê, é uma vilã das crianças nos dias ensolarados. A manifestação do problema acontece quando a pele do pequeno reage às altas temperaturas, com o aparecimento de bolinhas vermelhas ou esbranquiçadas nas regiões onde há mais transpiração.

bebê comendo papinha

Menos comum que as doenças de pele, a alergia alimentar também pode acontecer e provocar sintomas reativos no corpo. Quando o bebê tem contato muito precoce com alimentos que tenham corantes na fórmula, por exemplo, ele pode sentir inchaço abdominal, cólica, diarreia e até inchaço de lábios e língua.

O leite materno é essencial nos primeiros meses de vida do bebê, entre outros motivos, por ajudar a prevenir a APLV. A alergia à proteína do leite de vaca é perigosa, pois provoca o choque anafilático, que é a forma mais grave de reação alérgica e, em situações extremas, causa inconsciência e morte.

Veja o que fazer caso suspeite que o bebê está com alergia

Como destacamos acima, é importante ficar atento a todos os detalhes se houver alguma suspeita de alergia em bebê. O primeiro ponto é perceber em qual contexto a criança apresenta sintomas. Do banho ao passeio e à alimentação, tudo deve ser observado minuciosamente.

Independentemente de você ter um bebê com alergia do calor, alimentos ou leite de vaca, o ideal em qualquer situação é diminuir o contato da criança com o item que cause a reação adversa. Essa ação, a princípio, deve ser suficiente para evitar a reincidência do problema.

Se mesmo assim você perceber que a situação persiste, leve-o ao pediatra e descreva a situação detalhadamente. O médico pode indicar exames para ter um diagnóstico preciso do problema e, se necessário, receitar medicamentos e corticoides para evitar a manifestação dos sintomas.

Saiba como identificar a alergia em bebê

A prevenção da alergia em bebê passa diretamente pelo tratamento que ele recebe nos primeiros dias de vida. Uma das formas mais eficientes de evitar qualquer problema envolvendo reações adversas é a consulta com um alergologista.

O profissional costuma fazer um teste prático para testar a resposta do organismo a elementos causadores de alergias. O bebê é exposto a pequenas amostras de alimentos, insetos, flores, entre outros itens. Os sinais costumam aparecer em cerca de 20 minutos e o teste é seguro.

Se mesmo assim não houver sinal claro de alergia, é possível complementar o teste com um exame de sangue, de contato ou provocação. A indicação é que os exames sejam feitos o quanto antes. Isso evita possíveis transtornos no futuro, como a alergia na pele do bebê.

Tenha os produtos certos para cuidar da criança no Tenda!

O Tenda tem de tudo para você cuidar do seu pequeno como ele merece. Coloque fraldas, pomadas e outros produtos para bebê das principais marcas com promoções especiais. Faça suas compras com a economia do atacado e receba o pedido onde e quando quiser com nosso serviço de entrega!

Compartilhe nas suas redes

Produtos relacionados

Fraldas Pampers Supersec Jumbo G 80 Unidades

R$ 66.09 confira

Fraldas Pampers Supersec Jumbo M 90 Unidades

R$ 66.09 confira

Fraldas Tripla Proteção Hiper M Huggies 92 Unidades

R$ 62.09 confira

Fralda Supreme Care Hiper XXG Huggies 52 Unidades

R$ 77.79 confira

Fralda Descartável Upa Bebê Basic Tamanho M 20un

R$ 10.3 confira

Fralda Pampers Supersec Mega M 46 unidades

R$ 39.09 confira

Fralda Roupinha Supreme Care Hiper XG 48un Huggies

R$ 77.85 confira

Fralda Roupinha Supreme Care Hiper G 60un Huggies

R$ 77.85 confira
Tenda Atacado - CNPJ 01.157.555/0011-86
Endeço: Rua Professor João Cavalheiro Salém. nº 365
CEP 07243-580 / Guarulhos - SP