Quando acontecem os primeiros passos do bebê?

Tenda, Postado em 1 de abril de 2022 | 3 min de leitura

As famílias que têm criança em casa sabem que o crescimento acontece por etapas. A cada período todos comemoram conquistas simples, porém muito importantes para o desenvolvimento. Mas nada se compara à emoção de presenciar os primeiros passos do bebê.

Esse é um momento realmente único e muito aguardado por toda a família. Por isso, acompanhe a leitura e descubra em que momento da vida o seu bebê, que ainda usa fraldas, conseguirá andar de uma poltrona para outra sem precisar da sua ajuda.

Qual é a origem dos primeiros passos do bebê?

Essa pergunta faz todo o sentido quando compreendemos que, até o bebê ficar em pé, muitos obstáculos precisarão ser superados por esse serzinho muito fofo. Ou seja, para andar o bebê precisará dominar uma sequência de movimentos corporais.

Dessa forma é muito importante que ele seja estimulado a não desistir diante os percalços. Esse papel é exclusivamente dos pais e de quem mais estiver ao lado diariamente.

Confira a seguir quais são os movimentos corporais fundamentais para chegar aos primeiros passos do bebê. Fique atento a cada um deles, porque assim você saberá identificá-los e poderá dar o suporte ideal quando chegar o momento.

Rolar

Se você deixou o bebê em uma posição no berço e, quando voltou, o encontrou em outra totalmente diferente, pode comemorar! Significa que ele iniciou o processo de desenvolvimento com êxito.

Rolar é o primeiro movimento corporal aprendido pela criança de 4 meses, em geral, até o momento da primeira passada. Ao superar essa etapa, significa que a autonomia em relação ao próprio corpo já está sendo trabalhada. Assim, ele já consegue dominar o músculo responsável por essa ação.

Sentar

A partir dos 6 meses, aproximadamente, o bebê já está craque em rolar e deseja passar para o próximo desafio: o de sentar sozinho. Para isso, precisa que os músculos das costas e da barriga estejam fortes.

Para ajudar no crescimento do bebê, o responsável pode fazer alguns exercícios, mas nada que seja além do que ele tem condição de executar, ok? Confira a seguir uma indicação de movimentos que podem ser usados para ajudá-lo a sentar.

  • Deite o bebê de costas em uma superfície reta.
  • Pegue as mãozinhas.
  • Puxe com delicadeza até que o bebê sente.
  • Deixe-o nessa posição durante 10 segundos e retorne-o para a posição deitado.

Engatinhar

Em geral, com 8 meses a criança já está muito mais confiante e corajosa para se aventurar ainda mais, e essas sensações vão ficando ainda mais potentes até o primeiro ano do bebê. Além de sentar, ele já consegue explorar todo o ambiente engatinhando. 

Em posição com os pés e as mãos no chão, pouquíssimas coisas o farão parar! Esteja bastante disposto a acompanhar para que nada quebre ou machuque a criança que está provando aos poucos a alegria que é se sentir capaz e autônoma.

mãe segurando os braços do bebê que dá os primeiros passos.

Afinal, quando o bebê começa a andar?

Como você pode perceber, não é de uma hora para outra que acontecem os primeiros passos do bebê. Aos poucos, o corpo vai se fortalecendo e a criança, se sentindo cada vez mais capaz em elevar o nível da dificuldade motora.

Após conseguir rolar, sentar e engatinhar é quando o bebê começa a andar sem a ajuda de ninguém nem de objetos que sirvam de apoio. Isso acontece, geralmente, quando a criança completa 10 meses.

Os pezinhos estão com a musculatura pronta para essa nova fase. Depois do grande momento, é importante que a criança repita o feito em superfícies irregulares, como grama, terreno e areia da praia. O objetivo é treinar o equilíbrio, que é pouco exercitado no piso liso da sala de casa.

O uso do andador é indicado?

Assim como em todas as fases dos movimentos corporais, a criança precisa ser estimulada a continuar andando. É natural do ser humano ficar na zona de conforto, mas não é saudável, então incentive os primeiros passos do bebê sempre que for possível.

Geralmente alguns artifícios são utilizados para forçar o bebê a se movimentar, como o uso do andador. Porém, de acordo com o departamento de Segurança da Sociedade Brasileira de Pediatria, o andador faz mal para o bebê

Nos Estados Unidos, em um intervalo de 25 anos foram confirmadas 34 mortes de bebês causadas por andadores. Outro dado alarmante mostra que 80% das quedas com andador acontecem em escadas, o que torna esse acidente ainda mais grave.

Como estimular o bebê a andar?

Para ajudar o seu filho a manter o ritmo, você pode segurar as mãozinhas, colocá-lo entre as suas pernas e caminhar junto. A tendência é ele ir soltando aos poucos a sua mão; quando começar a andar sozinho, abra os braços e o convide para ir até você.

Essa é uma das maneiras de como fazer o bebê a andar. Confira abaixo mais dicas que podem ser muito úteis nesse momento de grandes descobertas.

  • Não deixe o bebê sozinho, pois a sua ajuda transmite confiança para treinar os passinhos.
  • Garanta que o ambiente onde ele fica boa parte do tempo esteja seguro.
  • Deixe os brinquedos preferidos a uma distância moderada e incentive a criança a ir buscá-los.
  • Comemore cada passinho e não poupe palavras de estímulo.
  • Dê espaço para o bebê se movimentar.

Como você pode perceber, os cuidados com o bebê voltados para incentivá-lo a andar demandam a presença da família. Ao viver esse momento com os pais, ele vai desenvolver facilmente os sentimentos de confiança e independência, bem como de conquistas de metas e desejos.

No Tenda Atacado, você encontra tudo para o seu bebê!

Assistir de perto ao crescimento do bebê e poder participar ativamente desse processo é um grande privilégio. Com este artigo, ficou claro quando esse momento mágico acontece e como ajudar o pequeno a se sentir mais confiante para continuar superando os desafios.

Agora que você já sabe quando acontecem os primeiros passos do bebê, que tal dar uma olhada no site do Tenda Atacado? Lá você encontra uma variedade de produtos infantis de qualidade e com preços baixos.

Compartilhe nas suas redes

Tenda Atacado - CNPJ 01.157.555/0011-86
Endeço: Rua Professor João Cavalheiro Salém. nº 365
CEP 07243-580 / Guarulhos - SP